PRIMEIRO SEGREDO

Estar verdadeiramente apaixonada

Estou apaixonada novamente. É fato. Percebi pois não conseguia fazer nada prático, não tinha foco para mais nada a não ser o objeto de minha paixão. Queria ficar perto, mas sentia que não podia; tentei me afastar, mas acabei me aproximando. Como foi difícil descobrir-me com este sentimento novamente!

Tentei esconder até de mim mesma. Tentei esquecer, não deixar transparecer, mas qual! Sou transparente. Meu marido percebeu. Meus filhos perceberam. Meus pais, amigos, irmãos. Me senti culpada por estar apaixonada. Ao mesmo tempo, porém, sabia que era mais forte do que qualquer regra. Não havia escape.

Foi nesta época que começaram as manifestações: comecei a compor novamente músicas quando não tinha palavras para expressar meu sentimento. Cantarolava melodias e as transpunha para a pauta, para o piano.

Precisava desenhar. Telas, papéis, tecido, nada escapava. Tudo o que via precisava transformar em arte, pois a paixão me fez ver como o mundo é belo. As outras pessoas também precisavam entender isto.

E as palavras que desfilavam sob minha retina? Tinham que ser postas no papel. Saíram aos borbotões, livres, em poemas, contos, crônicas, romances. Elas estiveram tanto tempo represadas que precisaram sair. Já não havia dúvida, não havia como esconder de mais ninguém.

Entrego-me a esta paixão sem pudor. Não posso negar aquilo que me dá vida…

Desculpem-me todos os que estão espantados, magoados e que vão me taxar de louca, insana, sem juízo: preciso seguir minha alma, pois me amo acima de qualquer outra pessoa!

Amo escrever, cantar, compor, desenhar. Amo criar. Sinto-me nas nuvens quando faço qualquer uma destas coisas. E sinto-me numa prisão cada vez que preciso ater-me à convenções, deixar casa limpa e roupa lavada, pensar no almoço do dia seguinte…

Sou das madrugadas com livro na mão, caneta e papel, criando, criando, embalada pela energia da Lua. Sou das rodas de violão e de poesia, do riso solto aonde minha alma transborda. Sou da alegria embriagante que me toma quando começo a criar junto com outros artistas, como se naquele momento pudesse voar, pudesse ser mais do que este simples corpo.

Estou apaixonada por mim mesma. Quem quiser me seguir e me ter do lado, mostre o seu valor para me acompanhar. Compareça com seu respeito por mim, mas antes resgate-se a si próprio, aprenda a amar-se, goste do que é e faz, de sua força criadora.

Estou apaixonada por mim, e preciso de pessoas apaixonadas por si mesmas me rodeando. Pessoas que ainda carreguem, como eu, sua criança interior no colo, agarradinha no peito, rindo para ela a cada novo dia. Pessoas que acordem com um sorriso e durmam com uma benção.

Estou apaixonada por mim e por todos os sonhos que minha criança sussurra em meus ouvidos. Ela dança à minha frente, me pede para cantar, ou para tocar a música que a faz saltitar. Ela me dá a caneta na mão e me diz para escrever.

Se te incomodo, me desculpe. Não posso fazer nada. Estou por mim mesma apaixonada…





Curso Ler, Meditar e se Amar
Contém o e-book com exercícios "5 Passos para ser Feliz -superando a Síndrome do Ninho Vazio e outras crises da meia idade" + 7 audios de meditação + 3 bônus!

Talvez você se interesse em ler:

Amargas palavras
Muitas vezes, nestes últimos anos, tenho represado palavras, pois elas viriam repletas de ...
APRENDENDO COM O AMOR OU COM A DOR
Ao longo de minha vida, sempre ouvi que a cada ação corresponde uma reação. Sempr...
Ao que posso agradecer
De tudo o que tenho, dou graças. Não por que seja bonito, mas porque realmente me toc...
O MUNDO COMEÇA NO NOSSO QUINTAL
Há alguns anos atrás uma amiga querida me enviava alguns e-mails com belíssimas imagens e ...
Querelas: relacionamentos
Tudo parecia tranquilo no pequeno apartamento. Silvia tinha acabado de fazer uma pequena s...
PRIMEIRO SEGREDO
Endereço: São Paulo / SP
Telefone: 11- 98175-3478
© 2017 | Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvido e Hospedado por Programa Afiliado Sussa

Termos de Uso


Politica de Privacidade


FAQ WebMail Administrativo